30 julho 2017

“SOU DA RUA” – Para memória futura



-
2017-07-29 - Nesta data e como constava no convite, realizou-se o IV Convívio Sou da Rua.



Por imponderáveis não me foi possível estar presente até ao final do convívio já pela noite dentro.

Tive a oportunidade de durante a tarde cumprimentar os elementos da direcção da Associação bem como o reencontro com antigos conterrâneos. Foi um pequeno recordar de tempos passados.
Com Maria Dinis e Jorge Monteiro


Quero aqui deixar a expressão do meu sentimento de apreço por esta Associação que luta pela valorização, não só do Lugar de Entre-os-Rios, mas por toda a Freguesia da Eja.

 Lamentavelmente parece não ser essa a visão dos actuais elementos Autárquicos, provavelmente mais preocupados com os seus interesses privados. Igualmente o meu espanto por não encontrar o interesse, nesta Associação, não só de todos os Ejenses e sobretudo de alguns residentes do Lugar. Parece-me que para muitos as “politiquices” são mais importantes que a terra em que nasceram e em que vivem.

Fiquei espantado pelas condições “impostas” para ser associado da “SOU DA RUA”. Ser associado implica uma cota de €5 (cinco euros) por ano. Por esta cota (e não só) decidi pedir a minha inclusão como associado, mas desde já prometo a mim mesmo contribuir com o equivalente a quatro.

Para memória futura seguem documentos fotográficos retirados da Net nomeadamente da Página no Facebook “Sou da Rua”.


 Os preparativos

A tirar a prova
Enquanto decorrem os preparativos o Rancho Folclórico Infantil de Cabeça Santa ensina aos mais "antigos" como se devem exercitar.

A presença de Artesanato dá ambiente ao espaço

 A preparação é importante. O "pessoal" é de muito alimento

 O "tratamento" do frango é para quem sabe

 Os cuidados na apresentação são um tique importante

 Aqui se cuida do "entrecosto"

 Um pessoal atarefado

Uma panorâmica

Uns vão dando início ao repasto...

 ... outros desesperam.

 A esperança não morre..




 Enquanto esperam e desesperam é tempo de "dar música" aos comensais ...

 ... e assim o Grupo de Cavaquinhos de S. Miguel de Paredes faz uma demonstração das suas capacidades musicais












Os Bombeiros fizeram-se representar na pessoa do seu Presidente...





... o Sr. António Fontes

 Um conterrâneo dos velhos tempos, o Joaquim Silva

 A Maria Dinis e amigas

 E foi assim mais um Convívio no Lugar de Entre-os-Rios na Freguesia de Eja, Concelho de Penafiel
Dos ausentes rezará a história.















Sem comentários:

Enviar um comentário

Autárquicas na EJA - Uma pergunta que se impõe

- Numa entrevista dada pela filha e pai Guedes a uma jornalista do jornal Observador, entre várias alarvidades, há uma que me sugere uma qu...