31 maio 2006

Moto - Palhaços


Neste Local, há três dias atrás, dois jovens perderam a vida, por causas que testemunhas imputam a manobras de motos de água.
Conheci bem o local quando tinha a idade dos Jovens que aí agora morreram. Muitos dias de Verão aí foram passados entre pesca às bogas e escalos e fartos banhos de prazer nas límpidas e puras águas do então rio Tâmega. Como nos divertia-mos!
Hoje esse local encontra-se a uns cinquenta metros de profundidade. As minhas memórias aí se foram alagando e hoje morreram, afogaram-se. Esse local que fora um dia um paraíso, um sonho, torna-se hoje um pesadelo.
A força do progresso que nos vai envolvendo também atrai toda a selvajaria humana, a irresponsabilidade, o desrespeito, a estupidez.
Palhaços do Novo Riquismo com dinheiro que não se sabe bem a origem, que se julgam ser os senhores da Terra e do Universo.
A Moto de Água, símbolo desse novo riquísmo contra o “velho” e “antiquado” barco que por ali passava.
Coitados destes novos ricos, nunca conseguirão ter o prazer de um verdadeiro passeio rio acima rio abaixo.
Que a consciência lhes pese para além da morte.

2 comentários:

  1. Gostava de acreditar que esses "animais" vais ser punidos, mas...

    ResponderEliminar
  2. Neste nosso portugal, esses, mais que animais, nunca são punidos ...

    ResponderEliminar

“SOU DA RUA” – Para memória futura

- 2017-07-29 - Nesta data e como constava no convite, realizou-se o IV Convívio Sou da Rua. Por imponderáveis não me f...